Marta teme violência com indulto do Dia dos Pais em SP

Candidata do PT ao Senado diz que paulistas vivem momentos de intranquilidade depois de ataques a alvos policiais no fim de semana

Agência Estado |

selo

A candidata do PT ao Senado, Marta Suplicy, disse hoje que a população paulista vive momentos de intranquilidade por conta dos recentes ataques de que foram alvo neste fim de semana policiais das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota). A suspeita é de que os autores das investidas sejam indivíduos envolvidos com organizações criminosas.

Durante almoço para arrecadar fundos para a campanha do candidato a deputado federal Vicente Cândido (PT), Marta e o senador Aloizio Mercadante, postulante do PT ao governo paulista, demonstraram preocupação com a possibilidade de que os ataques voltem a acontecer no próximo fim de semana, quando diversos presos têm direito ao indulto do Dia dos Pais.

"Vamos ter o Dia dos Pais e a gente sabe que nesses dias festivos a situação para nós, cidadãos, piora", disse a candidata. Mercadante defendeu a utilização de equipamentos de monitoramento eletrônico para os presidiários que deixarem a prisão em datas comemorativas. "O governo de São Paulo atrasou a adoção do monitoramento eletrônico de presos, algo que daria muito mais segurança no indulto do Dia dos Pais." O candidato também pregou a separação de internos em quatro níveis, de acordo com o grau de periculosidade. "É evidente que as organizações criminosas tomaram conta dos presídios de São Paulo", disse Mercadante.

Marta defendeu também um maior nível de integração entre Estado e União no combate à violência. A candidata comparou a situação vivida em São Paulo com a do Rio de Janeiro, onde os governos estadual e federal implantaram unidades pacificadoras e o Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). "Eu acredito que seria melhor uma maior parceria entre governo do Estado e União. Vemos os resultados que isso tem provocado no Rio, mas São Paulo não tem feito gesto de aceitar essa colaboração."

    Leia tudo sobre: Martasegurançaeleiçõesmercadante

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG