Marina faz apelo por segundo turno a artistas no Rio

Casamento gay foi tema polêmico no Teatro Leblon, no Rio, onde cerca de 150 pessoas se reuniram para ouvir a candidata verde

Manuela Andreoni, iG Rio de Janeiro |

Em palestra a artistas no Teatro Leblon, na zona sul do Rio, na noite desta segunda-feira (30), a candidata do PV à Presidência, Marina Silva, voltou a afirmar que levará a disputa para o segundo turno. O assunto pautou o dia da candidata depois que membros de sua campanha provocaram uma repercussão negativa ao admitirem a vitória de Dilma Rousseff (PT) no primeiro turno .

“Tem gente que acha que já perdeu o jogo. Tem gente que acha que já ganhou. Não vamos desistir", falou. "Parece que o Brasil quer uma mulher. Se for isso, pois bem, vamos ao segundo turno”.

Segundo Marina, só assim será possível “aprofundar o debate” político e conhecer melhor as propostas dos candidatos, devido à igualdade de tempo na propaganda eleitoral.

Paula Giolito
"Não vamos desistir", disse Marina ao fazer apelo por segundo turno

Em sua fala, Marina deu crédito aos governos Fernando Henrique Cardoso pelos avanços da economia (Plano Real) e Lula pelo fortalecimento dos programas sociais (Bolsa Família). A candidata, contudo, ressaltou que apesar dos avanços ainda é preciso investir em educação, transporte e meio ambiente.

Polêmica ao falar sobre casamento gay

Embora tenha arrancado aplausos ao defender a valorização "daquilo que não é convertido em dinheiro", Marina causou polêmica entre a classe artística ao reafirmar ser contra o casamento gay, embora defenda a união estável entre pessoas do mesmo sexo. “Quem não quiser votar em mim por isso, não tem problema”, afirmou.

Na saída, Mariana de Moraes, neta do poeta Vinícius de Moraes, declarou seu voto na verde mas pediu à candidata que seja mais clara em relação ao tema. “Tenho vários amigos gays que não vão votar em você por causa disso”, falou Mariana.

Paula Giolito
Marina se encontra com artistas no Rio de Janeiro

O ex-ministro da Cultura Gilberto Gil, que já gravou participação no programa eleitoral da candidata, foi a presença mais aplaudida da noite, que não contou com um dos mais importantes cabos eleitorais da campanha, Caetano Veloso. Segundo Marina, ele está viajando e por isso não participou do encontro.

Estiveram presentes o dramaturgo Domingos de Oliveria e os atores Marcos Palmeira, Letícia Sabatella e Marcos Winter. O candidato a vice na chapa de Marina, Guilherme Leal, e o candidato do PV ao governo do Rio, Fernando Gabeira, também compareceram.

    Leia tudo sobre: Eleições MarinaPleito 2010casamento gay

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG