Marina e candidatos do PV querem campanhas padronizadas

Ideia é ter ações integradas em torno do projeto político e ter coerência com diretrizes do programa de governo da candidata

Agência Estado |

Reunida desde ontem em São Paulo com candidatos a governador e senador pelo PV, a presidenciável Marina Silva destacou hoje que o encontro serviu para definir a padronização entre as campanhas nos Estados e o perfil da campanha nacional. "Ontem tivemos um dia de reuniões com os candidatos a governador e a senador e com os coordenadores de campanha", afirmou. "Pudemos planejar como vai ser a nossa campanha a partir de agora. A ideia é que possamos ter uma ação integrada em torno do projeto político, pela coerência em torno também do programa."

De acordo com Marina, os pontos da plataforma da campanha foram disponibilizados para debate com a sociedade, e o PV agora trabalha o programa de governo a partir destas diretrizes. A candidata lembrou que as propostas passaram pela debate com a sociedade pela internet e pelo processo de debates internos no partido, envolvendo cerca de 70 pessoas no processo de sistematização de informações. Já houve mais de mil contribuições em áreas como saúde, educação, segurança pública e empregos verdes.

Ela negou que o programa de governo, que será divulgado na terça-feira, traga mudanças substanciais em relação aos pontos da plataforma de campanha inicial. "Deixamos bem claro que em cima desta plataforma e destas diretrizes é que iríamos fazer o plano de governo. Estamos fazendo aquilo com que havíamos nos comprometido. Diferente daqueles que apresentaram versões ou apresentaram discursos como se fossem programas de governo", disse Marina, dando uma alfinetada nos adversários.

    Leia tudo sobre: Marina SilvaPVcandidatos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG