Marina defende internet banda larga gratuita

Candidata diz no Acre que a rede mundial de computadores é ferramenta de controle social e de combate à corrupção

Nayanne Santana, iG Acre e Rondônia |

A candidata do PV à Presidência da República Marina Silva afirmou que a internet é uma ferramenta indispensável no combate à corrupção. Em visita ao programa “Floresta Digital” em Rio Branco (AC) disse ser possível que “o cidadão exerça o controle social da gestão pública, evitando assim, a corrupção.” O projeto disponibiliza acesso a internet banda larga gratuita em vários municípios do Acre.

Para a candidata, “as informações são colocadas de forma livre” na rede mundial de computadores “para que o cidadão possa criar aplicativos de fiscalização e controle do governo.” Marina vê a internet grátis como auxilia na melhoria da educação, fazendo que o ensino tenha mais qualidade.

“A internet banda larga livre pode melhorar a qualidade da educação de jovens de baixa renda e das comunidades indígenas. É fundamental o acesso a internet banda larga.” Somente assim “há integração de diferentes olhares, das diferentes formas de conhecimento e cultura.” E lamentou que no Brasil “o acesso a internet banda larga ainda não acontece como a sociedade almeja."

Para a candidata, o Governo Federal não favoreceu o debate sobre a melhoria e expansão da internet.” Ela defende que o Brasil tenha “marco regulatório” para firmar parceria entre governo e iniciativa privada e a sociedade tenha acesso rápido à internet como forma de contribuir para desenvolvimento, a educação, a produção cultural e melhorias sociais que a internet possibilita.

Economia solidária

Marina defendeu que a União invista na economia solidária para que “milhares de famílias saiam da informalidade e que se tornem microempreendedores.” E que são necessários investimentos na agricultura familiar, na assistência técnica e em linhas de créditos.

A candidata do PV aproveitou a visita ao Acre no último final de semana para conversar também com estudantes na Biblioteca Pública, em Rio Branco. Ela também visitou o Mercado Municipal “Elias Mansour,” onde conversou com produtores rurais, comerciantes e transeuntes.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG