Marina chama de incompetente Cartaxo, secretário da Receita

Candidata do PV diz que ministro da Fazenda foi omisso e que Lula deixou a sociedade desamparada por não criticar quebra de sigilo

iG Rio de Janeiro |

A candidata do PV à Presidência da República, Marina Silva, chamou de "incompetente" nesta quinta-feira o secretário da Receita Federal, Otacílio Cartaxo, por causa do episódio da quebra de sigilo fiscal de cinco pessoas ligadas ao tucano José Serra. Em sabatina do jornal carioca "O Globo", a ex-ministra do Meio Ambiente também criticou o ex-colega Guido Mantega (Fazenda), a quem acusou de "omissão".

“O ministro [Mantega] banalizou o caso da pior forma possível. Devo cobrar a César o que é de César. Se tem o ministro responsável pela pasta, em primeiro lugar se cobra dele. O secretário da Receita [Cartaxo] já provou que é incompetente. O ministro disse que [a violação de sigilos] é normal, corriqueira, afirmou.

Marina Slva criticou atuação do presidente Lula e do governo no episódio da quebra de sigilos fiscais . A candidata verde disse que a manifestação de Lula foi “lamentavelmente na forma da defesa de sua candidata e não de milhares de brasileiros que tiveram o sigilo quebrado”.

Lula minimizou a quebra do sigilo e ironizou o tom do tucano no programa de TV. “O bicho [Serra] anda com uma raiva que eu não sei de quê... Cadê o tal de sigilo que não apareceu até agora?", questionou o presidente, para quem o rival teria baixado o nível da campanha.

De acordo com Marina Silva, Lula deixou os brasileiros “desamparados” com sua atitude, porque as pessoas querem “uma atitude do Estado, de firmeza de que isso vai parar”, disse.

“A sociedade está desamparada. A primeira reação foi de susto, indignação. Agora, é de impotência. Duas mil pessoas tiveram o sigilo violado, e ele [Lula] saiu em defesa de quem não teve o sigilo violado [Dilma Rousseff]. (...) A sensação é de impotência e de uma certa decepção. A defesa deveria ser de todos os brasileiros, violados, inclusive dos contrários politicamente. A banalização do dolo [intenção de cometer crime] leva as pessoas a não se importarem com eles”, afirmou.

    Leia tudo sobre: eleições MarinaPleito 2010sigiloreceitamantega

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG