Maria Paula comemora fim da censura política aos humoristas

Comediante diz, porém, que ainda não sabe como o 'Casseta & Planeta' vai agir com a maior liberdade para falar das eleições

Valmir Moratelli, iG Rio de Janeiro |

O ministro Ayres Britto, vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu no final desta quinta-feira (26) a proibição dos humoristas de rádio e televisão de fazerem piada com os candidatos da próxima eleição. De acordo com o inciso II do artigo 45 da Lei Eleitoral, estava proibido o uso de “trucagem, montagem ou outro recurso de áudio ou vídeo que, de qualquer forma, degradem ou ridicularizem candidato, partido ou coligação, ou produzir ou veicular programa com esse efeito”.

A humorista Maria Paula, do "Casseta & Planeta, urgente!" foi uma das primeiras a se manifestar a respeito do fim do veto aos humoristas. “Os políticos fazem uma grande piada com o Brasil e depois querem impedir que a gente não caçoe disso tudo? Era ridícula esta censura, uma grande bobagem. Ainda bem que fomos ouvidos. Nós não, a sociedade como um todo. Se este veto permanecesse em vigor, eles é que estariam fazendo piada com as nossas caras”, disse ela ao iG.

Maria contou ainda que não sabe ainda como o programa da TV Globo vai agir com a maior liberdade para falar das eleições.

    Leia tudo sobre: Eleições

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG