Lula usará transição para fazer inventário do governo

Presidente quer cumprir promessa de registrar todas as realizações do governo em cartório ao fim da gestão

Ricardo Galhardo e Andréia Sadi, iG Brasília |

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai aproveitar o processo de transição para elaborar uma espécie de inventário de seus oito anos no governo. A idéia é aproveitar a coleta de dados que servirão para guiar a troca de gestão para fazer um levantamento das ações do governo em todas as áreas. O documento será registrado em cartório, cumprindo assim uma promessa repetida há meses pelo presidente em seus discursos.

Segundo fontes próximas a Lula, cada um dos ministérios já nomeou uma pessoa para cuidar da transição. Estes funcionários também foram incumbidos de levantar os números de todos os programas e ações do governo. Estes dados serão compilados em um documento que será registrado formalmente.

A perpetuação do legado de seu governo é uma das principais preocupações de Lula para depois que deixar o Palácio do Planalto. O presidente teme que suas marcas sejam esquecidas ou apagadas em função das disputas políticas, a exemplo do que aconteceu com outros ex-presidentes.

Além de registrar este legado em cartório, Lula também pretende viajar pelo País para fiscalizar pessoalmente a manutenção e continuidade das obras iniciadas em seu governo.

    Leia tudo sobre: eleições dilmaeleições serrapleito 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG