Lula: tem coisa mais séria que dor-de-cotovelo de Serra

O presidente insinuou que o candidato do PSDB estaria usando o episódio para atrapalhar a candidatura de Dilma

Agência Estado |

selo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva rebateu hoje as declarações do candidato do PSDB à Presidência, José Serra, sobre os alertas que teria feito a Lula a respeito de informações sigilosas de Verônica Serra circularem na internet. Durante a 33ª Exposição Internacional de Animais, Máquinas, Implementos e Produtos Agropecuários (Expointer) em Esteio, na região metropolitana de Porto Alegre, o presidente disse que "tem coisas mais sérias para cuidar em vez de estudar as dores-de-cotovelo do Serra".

Segundo Serra, blogs de apoio ao PT e à candidata do partido à Presidência, Dilma Rousseff, estariam divulgando informações sigilosas contidas na declaração do Imposto de Renda de Verônica e que ele teria feito esse alerta a Lula em janeiro. "Não tem nada de mais que a internet publicou", respondeu Lula. "Tem insinuações como tem contra o presidente Lula, como tem contra a família do presidente Lula, como tem contra vocês, jornalistas." Lula disse ainda que o Brasil vive em "uma democracia e nós precisamos aprender a respeitar". "Querer que eu censure a internet não é meu papel."

O presidente insinuou que o candidato do PSDB estaria usando o episódio para atrapalhar a candidatura de Dilma. "Serra precisa saber de uma coisa: uma eleição, a gente ganha convencendo os eleitores a votar (sic) na gente, não é tentando convencer a Justiça Eleitoral a impugnar adversários", afirmou. "O senhor Serra que vá para a rua, que melhore a qualidade do seu programa, que faça proposta de coisa que ele quer fazer para o nosso País, que apresente soluções para o crescimento industrial."

O presidente comemorou as previsões otimistas do crescimento do PIB brasileiro, sem deixar de alfinetar o tucano. "Hoje ele (Serra) deve estar com dor de cabeça porque o PIB parece que, pelo IBGE, vai crescer acima daquilo que os mais pessimistas previam que ia crescer, vai crescer mais de 7%", disse. "Não tem nenhuma acusação grave contra o Serra, contra qualquer coisa. Tem as coisas da internet contra o Serra e contra todo o mundo. Então, o presidente da República tem coisas mais sérias para cuidar em vez de estudar as dores-de-cotovelo do Serra."

    Leia tudo sobre: pleito 2010eleições dilmaeleições serrasigilo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG