Lula promete voltar a Salvador para lançar Ferrovia Oeste-Leste

Ponte Salvador-Itaparica também foi alvo de comentários do presidente na visita que fez esta tarde à Bahia

Lucas Esteves, iG Bahia |

Em Salvador para inaugurar mais três viadutos da obra da Via Expressa Baía de Todos os Santos, o presidente Lula prometeu que voltará mais uma vez ao estado até o final do mês que vem para anunciar o início das obras da Ferrovia Oeste-Leste. O empreendimento enfrenta problemas com licença ambiental mas, segundo Lula, todas as arestas serão aparadas para que até o próximo dia 30 o lançamento possa ser feito na cidade de Ilhéus.

O presidente disse que boa parte do problema reside no fato de que a região tem cavernas e que é preciso uma série de estudos ambientais para que a topografia do trecho entre Ilhéus e Barreiras, no extremo-oeste, seja respeitada pelo caminho dos trilhos.

Para isso, cobrou do Governo do Estado, representado pela chefe da Casa Civil, Eva Chiavon, facilitasse a liberação da licença ambiental.

Lula garantiu ainda que não ficará satisfeito em dar o pontapé inicial apenas nas obras da ferrovia, mas que também quer ver licitado o complexo intermodal Porto Sul. “Eu não vou dar aos meus adversários a chance de perguntar ‘essa ferrovia leva de onde até onde?’. Eu vou dizer que isso pegará toda a produção da Bahia, levará até o novo Porto de Ilhéus e de lá será escoada para outros estados”, planejou.

A polêmica construção da Ponte Salvador-Itaparica também foi alvo de comentários do presidente em Salvador. Ao lembrar que em janeiro deixará o governo, disse que poderá voltar a visitar a Bahia como antigamente, na condição de turista, mas que espera viver para atravessar da capital para a Ilha de Itaparica pela estrutura. “Eu quero estar vivo para atravessar daqui até Itaparica numa ponte aqui. Porque, vocês sabem, depois dos 60 anos o tempo da pessoa é curto. Então essa ponte tem que sair logo, porque senão eu morro”, brincou.

A ponte, por enquanto, é apenas um planejamento de governo de Jaques Wagner e ainda não tem um projeto oficial. O desejo de construir a ligação é um grande alvo de críticas da oposição, que vê outras urgências para a Bahia atualmente. Para Wagner, a ponte seria o começo de uma nova saída de veículos de Salvador, chamada pelo governador de “vetor oeste”.

    Leia tudo sobre: eleiçõeseleições balula

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG