Lula pede dez anos para Caruaru se comparar a Paris

Presidente cumpre agenda oficial, mas indiretamente faz campanha para Dilma durante visita ao agreste pernambucano

Thaisa Lisboa, iG Pernambuco |

Cumprindo agenda oficial em Caruaru, agreste pernambucano, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva aproveitou a ocasião para fazer, indiretamente, campanha para a candidata do PT, Dilma Rousseff. Além disso, o presidente ressaltou as obras realizadas em seu governo e o recente momento econômico do Nordeste.

 "Antes, quando se tratava de coisa boa, era no Sul e no Sudeste. Quando se tratava de coisa ruim era o Norte e Nordeste. Quando eu queria assistir à apresentação de uma orquestra, tinha que ir ao Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Hoje, podemos ver em qualquer lugar. O nordestino agora só vai para São Paulo para passear”, afirmou.

Ainda em seu discurso o petista disse que, se o ritmo de transformação do Brasil continuar do jeito que está, Caruaru poderá chegar ao ponto de ser confundida com Paris, capital da França. “Só queremos mais dez anos. Tenham certeza de que José Queiroz (prefeito da cidade) vai administrar Caruaru com a sensação de que fosse uma Paris”, disse.

A declaração foi dada na inauguração do campus da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Lula também falou que vai inaugurar o curso de Medicina em Caruaru, e pediu ao prefeito que prepare bem os jovens da cidade para que vestibulandos de fora não fiquem com as vagas do curso.

    Leia tudo sobre: eleições peeleições dilmapleito 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG