Lula não vai processar Serra, diz Padilha

Ministro afirma que a sociedade já deu a resposta e sabe diferenciar quem é quem no jogo eleitoral

Ricardo Galhardo, iG São Paulo |

O ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, disse nesta segunda-feira (23) que o presidente Lula até agora não cogitou a possibilidade de entrar com uma ação na Justiça para impedir o candidato do PSDB, José Serra, de usar seu nome e sua imagem na propaganda eleitoral. “Isso não foi discutido no governo e a sociedade já esta dando sua resposta. As pessoas sabem diferenciar quem é quem”, disse Padilha.

No segundo dia de programa eleitoral, o tucano veiculou imagens de José Serra junto com o presidente Lula, com um locutor afirmando que ambos eram ‘homens de histórias’. O programa tucano ainda sugeriu que Dilma Rousseff não tem vivência para assumir a Presidência da República. O PT questionou a iniciativa na Justiça, porém o ministro Henrique Neves, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), decidiu que somente o presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem legitimidade para processar a campanha de Serra.

Padilha usou uma metáfora criada pelo próprio Serra para ironizar o uso da imagem de Lula na propaganda tucana. “Serra passou 8 anos tentando derrubar a moto e agora quer subir na garupa. Acontece que quando ele foi tentar subir, a garupa já estava ocupada e a moto já tinha saído”, disse Padilha.

Na semana passada, ao tentar criticar a suposta falta de experiência política da candidata do PT, Dilma Rousseff, Serra disse que ela queria ser eleita pegando uma carona na garupa de Lula.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG