Lula fala em tom de despedida

Durante convenção do PT neste domingo, presidente pediu votos para a candidata Dilma Rousseff e fez balanço do governo

Andreia Sadi, iG Brasília |

Em tom de despedida, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva discursou neste domingo, durante convenção do PT , e pediu votos para a candidata Dilma Rousseff. Lula lembrou que, pela primeira vez desde 1989, estará fora das eleições presidenciais, mas disse que a petista preencherá o seu "vazio". "Eu mudei de nome e pus Dilma na cédula", afirmou, arrancando aplausos da plateia.

O presidente fez um retrospecto das principais crises do seu governo e lembrou o mensalão. Segundo ele, as denúncias "cheiravam quase a golpe". Em seguida, agradeceu o apoio dos companheiros de partido, como o atual tesoureiro, João Vaccari, presente na plateia.

O presidente falou rapidamente do suposto dossiê da campanha contra os tucanos e pediu neutralidade da imprensa sobre a cobertura do caso.

Os ataques à oposição ficaram por conta do presidente do PT, José Eduardo Dutra, que disse que, com o ex-governador José Serra, o povo não será surpreendido. "Não terá surpresa porque o povo sabe o fracasso que foi o governo do PSDB".

O vice de Dilma, deputado Michel Temer (PMDB), também discursou. Segundo ele, o partido estará de "alma" na campanha.

    Leia tudo sobre: PTLulaDilmaconvençãodiscurso

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG