Lúcio Alcântara disputa governo do Ceará em chapa mista

Alcântara, que já foi governador do Ceará pelo PSDB entre 2003 e 2006, afirma que vai pedir votos para Dilma

Agência Estado |

Com uma chapa meio Dilma Rousseff (PT) e meio José Serra (PSDB), Lúcio Alcântara (PR) entrou hoje na disputa pelo governo cearense. A candidatura dele foi lançada nesta tarde, em Fortaleza.

Alcântara, que já foi governador do Ceará pelo PSDB entre 2003 e 2006, afirma que vai pedir votos para Dilma. Já o parceiro dele de chapa, candidato ao Senado, o empresário Alexandre Pereira (PPS), vai apoiar o tucano José Serra.

"A nossa candidata a presidente é Dilma Rousseff. O PR é um partido da base do governo. É um dos partidos que se demonstrou mais fiel ao projeto do presidente Lula", afirmou Alcântara. Ele disse apostar na fragilidade do palanque montado pela aliança do PT com a família Gomes para reeleger Cid Gomes (PSB) governador. "Muito petista decepcionado votará em mim", afirmou.

A família Gomes ainda demonstra mágoa com a forma que a candidatura à Presidência da República de Ciro Gomes, irmão de Cid, foi descartada. Na convenção de domingo, Cid "esqueceu" de pedir votos para Dilma. Apenas Ciro pediu votos para ela. Ainda assim, só no final do discurso e de forma protocolar.

    Leia tudo sobre: lúcio alcântaradilmaserraalexandre pereira

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG