Lista TCM-Ceará tem 3.067 nomes com contas desaprovadas

Alguns gestores com contas investigadas têm ficha suja por improbidade administrativa

Lauriberto Braga, iG Ceará |

O Tribunal de Contas dos Municípios do Ceará (TCM) encaminhou, nesta segunda-feira (5), ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE) uma lista com 3.067 gestores municipais que respondem processo por terem contas desaprovadas pelo órgão e podem ficar inelegíveis este ano. A relação de contas avaliadas pelo TCM tem 184 gestores de municípios cearenses.

Dos gestores cearenses investigados, dezenas estão com ficha suja por improbidade administrativa comprovada. São os casos de dois dos 14 gestores de Sobral, na Zona Norte cearense, Antônio Carlos Campelo Lima e Luís Dascenção Moraes de Aquino Júnior. Já em Fortaleza, de 79 gestores 38 estão "sujos" e 41 livres para se candidatar este ano. Na lista de investigados da capital cearense figuram o ex-secretário dos prefeitos Juraci Magalhães (PMDB) e Luizianne Lins (PT), vereadores e ex-vereadores.

Em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, de 51 gestores 28 são suspeitos e estão na lista do TCM. Dentre eles o atual deputado federal José Gerardo Arruda (PMDB), que foi prefeito de Caucaia.

A Procuradoria Regional Eleitoral promete pedir impugnação de todos os candidatos que estão na lista suja do TCM-CE. São atuais e ex-prefeitos, atuais e ex-presidentes de câmaras municipais, vereadores e ex-vereadores, secretários e ex-secretários municipais e ordenadores e ex-ordenadores de despesas que tiveram suas contas desaprovadas nos últimos 14 anos (1996-2009).

    Leia tudo sobre: TCMTRE-CEFicha Limpa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG