Lago culpa TSE por derrota no Maranhão

Segundo ex-governador, demora no julgamento de sua impugnação contribuiu negativamente para campanha

Wilson Lima, iG Maranhão |

O ex-governador Jackson Lago (PDT) atribuiu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a sua derrota nas eleições de 2010 para o governo do Estado do Maranhão. Segundo ele, foi inadmissível que os eleitores maranhenses “não soubessem dos candidatos momentos antes da eleição”.

Assim como afirmou ao iG na semana passada, Lago reclamou da demora do julgamento da impugnação de sua candidatura no TSE. “Em três dias decidem o processo de Roseana e deixam por 48 o processo de Jackson Lago na gaveta”, resignou-se o ex-governador. “É impensável que dois dias após a eleição, muitos brasileiros ainda não sabem o que fizeram com os votos deles. O judiciário não está na altura da nossa democracia”, complementou.

Durante as eleições de domingo, Lago foi apenas o terceiro colocado com 569 mil votos (19,54% dos votos válidos). Flávio Dino (PCdoB) teve 859 mil votos e Roseana Sarney (PMDB) venceu as eleições com 1,4 milhões de votos. Lago também não anunciou o seu futuro político no Estado. Declarou apenas que pretende voltar às bases da executiva estadual do PDT para “reerguer o partido”.

Apesar da declaração, Lago negou que o partido tenha saído enfraquecido das eleições gerais de 2010. Lago também não descartou se recandidatar a algum cargo eletivo nos próximos anos. Lago foi governador em 2006 e em 2010 disputou o quarto mandato para o governo do Estado.

    Leia tudo sobre: eleições malago

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG