Justiça Eleitoral manda retirar placas do governo do Ceará

TRE acata pedido de liminar da coligação que apoia a candidatura de Lúcio Alcântara para governador do Estado

Lauriberto Braga, iG Ceará |

A Justiça Eleitoral do Ceará mandou hoje que o Governo do Estado retire imediatamente de todas as placas ou outdoors indicadores das obras do Centro de Eventos e Feiras e da Perícia Forense, em
Fortaleza. A Justiça Eleitoral entendeu que as placas são propaganda do atual governador Cid Gomes (PSB), candidato à reeleição. Caso o governador não retire as placas haverá incidência de multa de R$ 10 mil.

A decisão do juiz auxiliar do Tribunal Regional Eleitoral, João Luis Nogueira Matias, acatou o pedido de liminar da Coligação Para Fazer Brilhar o Ceará (PR-PPS), que apoia a candidatura de Lúcio Alcântara (PR) para governador. A determinação proíbe ainda a fixação de novas placas e outdoors nestes locais.

Segundo o juiz, as placas indicadoras de obras no Centro de Eventos e no prédio da Perícia Forens, estão em local de intenso tráfego de veículos e pedestres, e trazem expressões que identificam o governador do Estado e candidato à reeleição Cid Gomes.

Esta é a terceira liminar deferida pela Justiça Eleitoral visando coibir a propaganda irregular no Ceará. As duas anteriores tratavam de propaganda institucional também do Governo do Estado em obras do
Palácio Abolição (futura sede do Governo) e na cerca de proteção do Parque do Cocó. A Coligação Por um Ceará Melhor para todos (PSB-PMDB-PT-PRB-PDT-PSC-PCdoB), que apoia Cid Gomes, ainda não definiu se tentará cassar as liminares da Justiça Eleitoral dadas em primeiro grau.

    Leia tudo sobre: eleiçõesCearápropaganda

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG