Jornais no exterior destacam vitória de Dilma com apoio de Lula

Versões online dos principais diários e revistas do mundo lembram do passado de ex-guerrilheira

iG São Paulo |

As edições online dos jornais mais importantes do mundo destacaram a eleição da candidata do PT, Dilma Roussef , à Presidência neste domingo. Lembrando o passado da petista como guerrilheira e o apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a maioria dos jornais lembra que o Brasil ganhou status no cenário mundial, herança que será recebida por ela ao assumir no dia 1º de janeiro de 2011. Veja o que dizem os principais jornais internacionais:

The New York Times

Reprodução
Jornada "improvável" da ex-guerrilheira para a presidência da maior economia da América Latina, escreve o New York Times
A versão online do The New York Times traz uma reportagem indicando que Dilma prometeu manter as políticas que tirou milhões da pobreza e fizeram do Brasil uma das melhores economias do mundo. Destacou que o resultado da eleição dela como presidente Reconhecendo a falta de carisma de Dilma em contraste com Lula, o jornal americano, considerado o mais influente do mundo, diz que a agora presidenta eleita tem mostrado desinteresse em aprovar as reformas economicas.

The Wall Street Journal

A edição online do jornal The Wall Street Journal , o diário econômico mais importante dos Estados Unidos, disse que a vitória de Dilma se deu por conta da prosperidade econômica vivida pelo Brasil e a popularidade do presidente Lula. Segundo o jornal, a eleição de uma burocrata desconhecida, com passado de guerrilheira, ocupará o comando do maior país da América Latina, no momento em que o Brasil ganhou força no cenário global, capaz de fazer frente as economias dos EUA e Europa. O “WSJ.Com” disse que a derrota de José Serra provavelmente coloca ao fim as ambições presidenciais do tucano, deixando o PSDB à deriva no cenário nacional.

Corriere della Sera

O italiano Corriere della Sera afirmou que a vitória de Dilma não foi uma surpresa, porque as pesquisas já indicavam a vitória da escolhida pessoalmente por Lula. “Ela herdou um país que vive um de seus melhores momentos econômico, com forte industrialização e uma queda do desemprego para um nível mínimo recorde”.

El País

Reprodução
Versão online do espanhol El País: apoio de Lula foi determinante para a vitória da candidata petista
O jornal espanhol El País destaca a eleição de Dilma na manchete principal de seu site. Com uma foto da ex-ministra fazendo o sinal de positivo, o jornal espanhol afirma que a mulher escolhida por Lula para lhe suceder derrotou Serra para se tornar a primeira presidenta eleita do Brasil. De acordo com o El País , o apoio de Lula nas eleições foi determinante para a vitória da candidata petista.

The Guardian

Numa reportagem com destaque menor na capa de seu site, o jornal inglês The Guardian também lembra que Dilma será a primeira mulher a dirigir o País. Em seu site, o jornal lembra o passado de rebelde marxista da presidenta eleita e que, durante a campanha, ela passou por uma cirurgia plástica para melhorar a aparência.

Le Monde

O jornal francês Le Monde afirma que a presidenta eleita é desprovida de carisma e que ficou conhecida como Dama de Ferro quando estava no governo. O Le Monde também fala dos tempos em que a presidenta eleita foi presa e torturada durante a ditadura militar. E reproduziu a afirmação de que Dilma vai manter uma relação íntima com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Spiegel

A revista alemã  Spiegel também traz a vitória da petista na manchete principal de seu site sob o título: Dilma Rousseff é a nova presidente do Brasil. A Spiegel diz que tanto Dilma quanto Serra são considerados tecnocratas e não têm o mesmo carisma que o atual presidente, Luiz Inácio Lula da Silva. E diz que, até o anúncio da sua candidatura, a antiga guerrilheira não era conhecida da população brasileira.

    Leia tudo sobre: eleições dilmapleito 2010eleições serrajornaisonline

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG