Candidato ao governo do Pará também promete continuidade aos projetos sociais de Ana Júlia

O candidato ao governo do Pará Simão Jatene (PSDB) defendeu hoje a criação de um pacto com a sociedade, unindo igrejas, ONGs e governo no combate à violência. Jatene criticou os atuais índices de violência e pobreza no Pará e destacou a importância de desenvolver programas nas áreas de saúde e segurança pública.

Jatene atribuiu grande parte dos problemas atuais do Estado ao processo de ocupação que ocorreu na década de 1970. E citou a área social como um dos principais desafios na região. "Se não investir, não tem chance de criar a base de redução da pobreza," declarou, em entrevista a uma emissora de rádio local.

Continuidade

O candidato tucano disse ainda que, se eleito, dará continuidade aos projetos sociais em benefício da população. Jatene declarou que vai manter os programas atuais que apresentam bons resultados, independente do partido que os tenha criado. Mas não citou o nome de nenhum projeto.

Em outras ocasiões o ex-governador do Pará criticou a atual gestão de sua concorrente, Ana Júlia Carepa (PT), por ter acabado, segundo ele, com programas criados durante os 12 anos de governo do PSDB no Estado.



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.