Jarbas considera normal PMDB liderar o ranking da ficha suja

Candidato do PMDB ao governo de Pernambuco volta a acusar o adversário Eduardo Campos de estar cooptando políticos de sua base

Thaisa Lisboa, iG Pernambuco |

O candidato do PMDB ao governo de Pernambuco, Jarbas Vasconcelos (PMDB),  recebeu apoio de populares durante caminhada no centro de Recife.  No percusso encontrou fieis eleitores, como o taxista Eduardo Silva. Segundo o taxista, votar no peemedebista é tradição de família.

“Ele pode até não ganhar, mas eu e minha família vamos sempre votar nele”, assegurou. Outro taxista, Klebson Oliveira, acredita numa possível virada do candidato. “Acho que ele ganha. Toda obra que ele faz ele termina”, disse.

Questionado sobre o fato de o PMDB estar na liderança do ranking de maior arrecadação nestas eleições e ter a maior quantidade de candidatos enquadrados na Lei da Ficha Limpa, Jarbas não titubeou. “É absolutamente normal", afirmou. Em fevereiro último, Jarbas deu entrevista à revista Veja, dizendo na ocasião que “o PMDB gosta mesmo é de corrupção”. O episódio praticamente o isolou dentro do partido.

Em relação a possível adesão do deputado Marcos Barreto (PMN) à campanha de reeleição do governador Eduardo Campos (PSB), o peemedebista disse que ocorreu um atropelamento da assessoria do governo. “Eles vinham sempre se dando bem. Isso é uma demonstração clara e inequívoca do que a gente tem denunciado: a cooptação desbragada", afrontou.

    Leia tudo sobre: eleições pejarbas vasconcelospmdb

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG