Jaques Wagner garante que irá a debates na Bahia

Governador adianta presenças após negar ir ao primeiro debate proposto

Lucas Esteves, iG Bahia |

Depois de ter criado polêmica por recusar ir ao primeiro debate das Eleições 2010 na Bahia, o governador Jaques Wagner (PT) declarou em caráter oficial que participará de todas as ocasiões de confronto com seus adversários durante a campanha, além de garantir presença em entrevistas para veículos de TV e rádio. No mês passado, Wagner confirmou ausência em um debate agendado pela União dos Municípios da Bahia (UPB) e que aconteceria no próximo dia 11 em Salvador. Com a negativa do governador não foi possível a realização do debate.

Na nota, Wagner afirma que no próximo dia 9 deve comparecer à Rádio CBN para uma entrevista. Depois fará outra no dia 10 na TV Itapoan durante o programa Balanço Geral. Dois dias depois, o candidato petista à reeleição tem presença garantida no primeiro debate de TV da campanha baiana, na Band, às 22h. No restante do mês, Wagner será convidado para mais outras três entrevistas em rádios e TVs. Já em setembro, três debates nas principais emissoras estão previstos, com confirmação da presença do governador.

Segundo a organização da campanha de Jaques Wagner, o debate da UPB no próximo dia 11 não poderia contar com o petista devido a compromisso de agenda já assumidos anteriormente. Neste dia, o candidato estará no interior do estado fechando apoios com representações políticas regionais. O presidente da entidade municipalista, Roberto Maia, criticou duramente o governador dizendo que ele perderia grande oportunidade de divulgar ao povo suas novas propostas e que os eleitores de todo o Estado eram desrespeitados com a ausência do governador no debate.

Já os adversários foram unânimes em dizer que Wagner tinha medo de confrontar os concorrentes em uma troca de ideias direta entre eles e que, por isso, já dava sinais de que sua campanha é inconsistente e que lhe falta espírito democrático. Posteriormente, houve perda de interesse por parte dos outros candidatos e o debate foi cancelado. Maia, que também acumula o cargo de prefeito da cidade de Bom Jesus da Lapa, acusou pessoalmente o gestor de ter prejudicado o evento.

    Leia tudo sobre: Jaques WagnerBahiadebate

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG