Ingratidão de Dilma com Geddel não surpreende, diz Aleluia

Candidato do DEM ao Senado critica presidenciável petista por abandonar 'seu segundo palanque' no Estado

Lucas Esteves, iG Bahia |

Após ter declarado que só apoia um candidato ao Governo do Estado na Bahia nesta terça (21), a presidenciável Dilma Rousseff recebeu duras críticas de um dos mais ferrenhos opositores do governo Lula no Congresso Nacional, o deputado federal José Carlos Aleluia, que disputa o Senado este ano pelo DEM.

Segundo ele, a atitude de “ingratidão” da petista para com Geddel Vieira Lima, que patrocina seu segundo palanque no Estado, não surpreende ninguém. A candidata disse que apoia somente o governador Jaques Wagner, candidato à reeleição pelo Partido dos Trabalhadores.

“O que se pode esperar de uma senhora que abandona e deixa estourar nas mãos da fiel e leal amiga Erenice Guerra, ex-secretária executiva e substituta como ministra, os escândalos da Casa Civil da Presidência da República?”, questionou.

Em Salvador, Dilma disse ainda em Salvador que a decisão de indicar Erenice Guerra ao seu posto como ministra após a desincompatibilização não foi decisão dela própria. Para Aleluia, até mesmo Geddel se absteve de fazer críticas mais pesadas à presidenciável e foi “generoso” ao avaliar seu caráter.

    Leia tudo sobre: eleições baaleluiasenado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG