Indecisos passam a ser determinantes em campanha para Senado

Na Bahia, segundo voto vira foco de campanha para candidatos que estão mal nas pesquisas

Aura Henrique, iG Bahia |

Candidatos que aparecem mal nas pesquisas para o Senado na Bahia traçam estratégia para avançar sobre o eleitorado indeciso, que representa hoje 39%, segundo a Vox Populi encomendada pelo Grupo A Tarde e divulgada no último domingo (29). A soma dos percentuais dos três primeiros colocados, César Borges (PR), Walter Pinheiro (PT) e Lídice da Mata (PSB), juntos com 37%, mostra que ainda há campo para crescimento dos menores, principalmente sobre o segundo voto.

O candidato demista, José Calos Aleluia, acredita no avanço sobre os indecisos, mas se queixa da falta de esclarecimento dos eleitores quanto ao segundo voto. “Ninguém nem sabe que tem o segundo voto para o Senado”, disse. Ele garante estar calmo quanto à preferência da população. “Tenho pesquisas muito mais tranquilas, quem está preocupado com pesquisa é o governador, por isso pediu ajuda a Lula”, cutucou. Aleluia pontua com 2%.

Edson Duarte, único do Partido Verde que pleiteia o posto, acredita que a pesquisa é um estímulo para a campanha. Ele aparece com 1% das intenções de voto. “Longe de desanimar, os resultados mostram que há um grande espaço aberto”, disse. Para Duarte, seu “nome é visto muito favoravelmente por parcela significativa do eleitorado no que se refere ao segundo voto”.

Já Edvaldo Brito (PTB), disputando pela chapa de Geddel Vieira Lima (PMDB), pensa que “este é o momento de os onze candidatos mostrarem seus projetos para que as pessoas formem juízo”. Para ele, “canta vitória agora o candidato que anda de sapato alto e desrespeita o eleitor e o povo”, frisou. Ele diz não levar em consideração as pesquisas. “O que vale é a cara do candidato na maquininha. Este é só o começo do debate”, garantiu.

Edvaldo questiona ainda os métodos e amostras empregados pelos institutos, citando o Ibope, que em um universo de 1.008 eleitores selecionou 210 da capital e apenas sete de uma cidade do porte Vitória da Conquista, uma das mais populosas da Bahia. Edvaldo Brito (PTB) tem 3% do eleitorado.

O Vox Populi traz o senador César Borges, candidato à reeleição, com 14% da preferência, seguido por Walter Pinheiro, com 13%, e por Lídice da Matta, com 10%. José Ronaldo (DEM) tem 4% de preferência. Carlos Sampaio (PCB) e França (Psol) têm 1% cada. A pesquisa foi registrada no TRE-BA, no dia 20 de agosto, sob o número 32.087/2010.

    Leia tudo sobre: eleições basenadosegundo voto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG