Ibope: preso em Amapá, Góes cai na corrida ao Senado

Após novo escândalo, pesquisa de intenção de voto mostra mudança no cenário eleitoral do Estado

Agência Estado |

selo

Pesquisa do Ibope divulgada hoje à noite em Macapá mostra o novo quadro de intenções de voto para o Senado após a Operação Mãos Limpas, da Polícia Federal (PF), que prendeu na sexta-feira 18 pessoas, entre elas o governador Pedro Paulo Dias (PP) e o ex-governador Waldez Góes (PDT), candidato a senador. Góes, que nas duas primeiras sondagens, realizadas em julho e agosto, aparecia em primeiro lugar, com 51% e 38% respectivamente, caiu para o quarto lugar.

Hoje ele tem 35%. Os candidatos que mais cresceram após a Operação Mãos Limpas foram João Capiberibe (PSB) e Randolfe Rodrigues (PSOL). O primeiro, que na última pesquisa tinha 30%, subiu para 39% e está em primeiro lugar. Randolfe, que nas sondagens anteriores aparecia em quarto, subiu para 36%, empatado tecnicamente em segundo lugar com Gilvam Borges (PMDB).

O candidato do PSOL cresceu 15% em relação à pesquisa de agosto e Gilvam Borges, 8%. O senador Papaléo Paes (PSDB) ocupa o quarto lugar com 12%. Cresceu apenas 1% em relação à sondagem anterior. Para o governo, o quadro pouco foi alterado. Lucas Barreto (PTB) ocupa o primeiro lugar deste a primeira pesquisa. Em julho ele tinha 25%, em agosto 28% e hoje, 34%. Jorge Amanajás (PSDB) se mantém em segundo lugar. Ele tinha 21% e hoje aparece com 23% das intenções de voto. Camilo Capiberibe (PSB), que estava em quarto lugar com 10% em agosto, subiu para o terceiro, com 17%.

O governador Pedro Paulo Dias (PP) - que está preso - ocupava o terceiro lugar em agosto com 19%, hoje está em quarto, com 11%. Votos brancos e nulos somam 3% e os indecisos são 10%. O Ibope entrevistou 812 eleitores no período de 10 a 12 de setembro. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AP) sob o número 7156/2010 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob o protocolo 29.591.

    Leia tudo sobre: eleições appesquisasenado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG