Ibope: Dilma abre 12 pontos sobre Serra em Minas

Pesquisa aponta que apoio de Aécio Neves e de Antonio Anastasia ao tucano José Serra não mobilizou o eleitorado na mesma direção

Agência Estado |

selo

A candidata petista Dilma Rousseff abriu 12 pontos porcentuais de vantagem sobre o tucano José Serra em Minas Gerais, segundo maior colégio eleitoral do País e Estado considerado por analistas políticos como o principal campo de batalha da campanha presidencial. Segundo pesquisa Ibope/Estado/TV Globo, Dilma tem 44% das intenções de voto entre os mineiros, contra 32% para Serra. Em números absolutos, a diferença entre os dois está em cerca de 1,2 milhão de votos, levando-se em conta o tamanho do eleitorado e as taxas históricas de abstenção.

A pesquisa mostra que o apoio do ex-governador Aécio Neves e do candidato à reeleição Antonio Anastasia (ambos do PSDB) ao presidenciável tucano não mobilizou o eleitorado do partido na mesma direção. Entre os entrevistados que declaram voto em Anastasia para o governo, há mais eleitores inclinados a eleger Dilma (48%) que Serra (37%). Esse voto que combina PT e PSDB nos diferentes cargos foi apelidado de "Anastadilma".

Na última semana, o Ibope fez pesquisas em Estados do Sudeste, do Norte e do Nordeste - não houve levantamentos no Sul, onde Serra é o favorito. O desempenho em Minas, combinado com a liderança no Rio de Janeiro, onde vence por 46% a 27%, fez com que Dilma empatasse no Sudeste, contrabalançando nesses dois Estados a vantagem do tucano em São Paulo. Segundo o Ibope, ele lidera por 44% a 33% entre os paulistas. O empate no Sudeste, que vinha se mostrando um reduto serrista, empurrou Dilma para a liderança na pesquisa nacional do Ibope, divulgada na sexta-feira. Ela tem 39% das intenções de voto em todo o País, cinco pontos porcentuais a mais que o adversário do PSDB.

A pesquisa Ibope/Estado/TV Globo foi protocolada no TSE sob o nº 20809. Os registros das pesquisas estaduais são 20792 (MG), 20797 (RJ) e 20791 (SP). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: MGDilma Serra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG