Hélio Costa diz que é cedo para pensar nomes de ministros

Ex-ministro do Governo Lula, candidato derrotado ao governo de Minas, votou no fim da manhã em Belo Horizonte

Eduardo Ferrari, iG Minas Gerais |

O candidato derrotado ao governo de Minas Hélio Costa (PMDB) votou no fim da manhã deste domingo (31) numa escola na zona sul de Belo Horizonte. Depois de ficar todo o segundo turno recluso, mandando recados eleitorais apenas pelo seu twitter oficial de campanha, o peemedebista concedeu uma rápida entrevista à imprensa após o voto. Costa foi candidato pela mesma coligação de Dilma, que reúne PT e PMDB, mas foi derrotado pela coligação tucana que reelegeu o governador Antônio Anastasia (PSDB) em Minas Gerais.

Costa afirmou que espera uma grande vitória da candidata à Presidência por sua coligação nas urnas do estado. “Dilma terá uma grande vitória aqui porque representa o que Minas vem fazendo nos últimos anos por meio do Governo Federal para a área social. Nossa futura presidenta do Brasil fará uma grande administração”, afirmou.

Aos jornalistas, Hélio Costa disse que não é o momento de falar do futuro da aliança política entre o PT e o PMDB. “Ainda é cedo para pensar em equipe de ministros. A preocupação é fortalecer a aliança da coligação que apoiou Dilma”, declarou. Costa votou acompanhado de seu filho e aproveitou para declarar seu voto. "Meu voto foi garantido, está aqui no peito e no coração", disse.

    Leia tudo sobre: Eleições MGPleito 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG