Governador do Amazonas é alvo de insultos

Pichações acusam Omar Aziz, candidato a reeleição, de pedofilia. As policias Federal e Civil investigam o fato.

Martha Bernardo, iG Amazonas |

Pichações contra o governador do Amazonas e candidato a reeleição Omar Aziz (PMN), da coligação “Avança Amazonas,” foram feitas em diversos locais de várias zonas da cidade de Manaus. Os dizeres, escritos com tinta branca em bancos de concreto de pontos de ônibus, trazem frases como “Omar Sujo” e “Omar Pedófilo”.

A assessoria de comunicação do candidato informou que o caso está sendo investigado pela Polícia Federal, por se tratar de uma tentativa de fraude eleitoral. A Polícia Civil do Estado também investiga as pichações. As frases se referem às investigações da Comissão Parlamentar de Inquérito da Exploração Sexual de 2005.

Durante investigações da CPI, presidida pela senadora Patrícia Saboya (PDT-CE), o então vice-governador foi citado por uma adolescente, que afirmava ter feito programas com o político.Omar Aziz teve o nome retirado do relatório após um pedido do senador Arthur Virgílio Neto (PSDB-AM). À época, o presidente em exercício da comissão, Ney Suassuna (PMDB-PB), deu o voto de minerva, pela exclusão de Aziz do inquérito.

O gesto de Suassuna gerou protestos de membros da CPI e de entidades de defesa dos direitos da criança e do adolescente. As acusações, entretanto, nunca foram provadas. Durante as eleições para prefeito em 2008, quando Omar Aziz concorreu ao cargo, pichações semelhantes também se espalharam por toda Manaus.

À época, o suposto caso de pedofilia acabou prejudicando a candidatura de Aziz, segundo reconheceu. Mesmo recebendo o apoio político do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Aziz não conseguiu chegar ao segundo turno, ficando apenas em terceiro lugar nas eleições.

    Leia tudo sobre: eleiçõesamazonasomar azizpedofiliaacusação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG