Gaguim pede cassação de Siqueira Campos

Partidários do tucano usaram veículo e servidor públicos para fins eleitorais, diz advogado do governador

Gilson Cavalcante, iG Tocantins |

A coligação “Força do Povo,” pela qual o governador Carlos Gaguim (PMDB) disputa a reeleição, protocolou nesta quinta-feira (16), no Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), Representação Eleitoral pedindo a cassação do registro da candidatura de Siqueira Campos (PSDB).

A Representação Eleltiral envolve também o candidato a vice-governador na chapa de Siqueira, João Oliveira e o deputado federa Eduardo Gomes (PSDB), que disputa à reeleição, pela coligação “Tocantins Levado a Sério”.

De acordo com o advogado da coligação “Força do Povo,” Sérgio do Vale, no dia 10 de setembro a prefeita do município de Peixe, Neila Pereira, transportava em uma ambulância do município material de propaganda eleitoral dos candidatos Siqueira e do deputado federal Eduardo Gomes.

“O flagrante – afirmou o advogado – foi realizado pela Polícia Militar (PM), que fez um Boletim de Ocorrência (BO), em que aponta que ‘a prefeita carregava em seu colo 2.217 santinhos, 450 adesivos e um banner de 120x80 centímetros’ dos candidatos tucanos citados”.

Sérgio do Vale afirmou ainda – com base no BO – que “o veículo é de propriedade do Município e estava sendo dirigido por um motorista do quadro funcional da Prefeitura. E o veículo usado deveria estar transportando doentes e salvando vidas, e não sendo utilizado para fins eleitorais”.

Até o fechamento desta matéria nenhum representante da coligação “Tocantins Levado a Sério” havia comentado a Representação Eleitoral protocolada pelo advogado Sérgio do Vale no TRE-TO em Palmas, em nome da coligação liderada por Carlos Gaguim.

    Leia tudo sobre: eleições togaguim tosiqueira totre-torepresentação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG