Governador do Tocantins e candidato à reeleição reuniu-se com 500 pastores, missionários e obreiros de Palmas

O governador do Tocantins e candidato à reeleição Carlos Gaguim (PMDB) afirmou que vai “apoiar e divulgar os eventos evangélicos, dar suporte ao trabalho missionário dos pastores como a estruturação de casas de apoio às vítimas de exploração sexual e drogas” e prometeu “cursos profissionalizantes e novas políticas públicas com a participação deste segmento.”

O encontro do governador e candidato com 500 representantes das igrejas evangélicas foi realizado em Palmas, capital, segunda-feira à noite, conforme sua assessoria. “Faço um compromisso, vamos implantar juntos esse grande projeto, para construirmos o Estado dos nossos sonhos,” disse Gaguim. O apóstolo Sérgio Paulo, da Igreja Internacional da Salvação, defendeu Gaguim das acusações de ser ateu:

“Tenho princípios para falar, pois no altar da minha igreja, Gaguim já declarou que tem temor a Deus. O modo como o senhor chegou ao Governo é algo planejado por Deus. E quando Deus quer ninguém tira”, afirmou.

Ainda de acordo com informação da assessoria de Gaguim, o deputado estadual Eli Borges falou em nome dos pastores para saudar o candidato. “Aqui está um povo que faz diferença em prol desse Estado. Só existe um caminho: colocarmos no Executivo e no Legislativo homens que tenham compromisso com a palavra de Deus e Gaguim tem esse compromisso”, finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.