Gabeira promete mostrar imagens de tiroteio em São Conrado na TV

Equipe do verde afirma que a intenção não é ser "sensacionalista, mas mostrar que o Rio não tem um plano de segurança"

Paula Daibert, iG Rio de Janeiro |

O candidato ao governo do Rio de Janeiro Fernando Gabeira (PV) confirmou que irá mostrar imagens do tiroteio em São Conrado (zona sul), ocorrido neste sábado (21), na sua propaganda gratuita na TV desta quarta-feira. No domingo, dia seguinte ao confronto, o verde tinha prometido divulgar as imagens no horário desta segunda-feira (23), o que não aconteceu. Segundo o diretor de cinema e teatro Moacyr Góes, responsável pelos programas do verde no rádio e na televisão, a intenção não é fazer um programa sensacionalista.

"Vamos mostrar que o Rio não tem um plano de segurança na dimensão de sua necessidade, mas um plano de propaganda para fazer a população acreditar que a cidade está pacificada", afirmou.

Segundo Góes, além de mostrar imagens do confronto entre policiais e traficantes, que culminou na invasão do hotel Intercontinental e em 35 hóspedes feitos reféns, Gabeira voltará a criticar gastos de R$ 430 milhões em publicidade autorizados pelo governador ao longo de sua gestão.

Nos três primeiros anos do governo Cabral foram gastos R$ 250 milhões em “Serviços de comunicação de Divulgação”. Para este ano, o último de mandato, a licitação foi de R$ 180 milhões.

Na propaganda política desta segunda-feira (23), o verde criticou a atuação da polícia e lembrou espisódios como o do menino Wesley Gilbert Rodrigues de Andrade, de 11 anos, que morreu em julho após ser atingido no peito por uma bala perdida dentro do Ciep Rubens Gomes, em Costa Barros, na zona norte.

Cabral não comenta iniciativa do adversário

A equipe do governador e candidato à reeleição Sérgio Cabral (PMDB) preferiu não comentar a decisão de Gabeira de divulgar imagens do tiroteio na propaganda da TV.

Segundo a assessoria do peemedebista, os programas de Cabral "não se baseiam no factual, apenas prestam contas do que foi feito na gestão do governador e apresentam propostas para um futuro governo", caso o candidato seja reeleito.

A equipe que assessora Cabral ainda afirmou que o fato de a propaganda eleitoral exibida no horário gratuito desta segunda-feira ter abordado o tema segurança foi apenas "coincidência", e não uma resposta à ação dos bandidos na zona sul.

De acordo com os assessores de Cabral, os programas são gravados previamente e seguem um cronograma de exibição pré-determinado pela coordenação da campanha.

    Leia tudo sobre: eleições rjgabeiratiroteiopropaganda eleitoral

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG