Gabeira admite derrota, mas diz que continua oposição

Verde deseja boa sorte à Cabral e diz que não pretende disputar a Prefeitura do Rio de Janeiro em 2012

Manuela Andreoni, iG Rio de Janeiro |

Em meio à chuva, o candidato ao governo do Estado pelo PV Fernando Gabeira votou às 8h20 desta manhã de domingo (3). Ele avaliou bem a campanha e disse que vai continuar na oposição, apesar de garantir que não concorrerá à prefeitura.

Manuela Andreoni
Fernando Gabeira
"Desejo felicidades ao vencedor e à maioria e dizer que estaremos sempre juntos colaborando com o Rio de Janeiro. Às vezes o povo não vota majoritariamente em você, mas você continua com o povo", disse o verde, que admitiu serem poucas as chances de segundo turno com base no que têm revelado as pesquisas.

"Sou oposição e continuarei oposição. O único governo a que eu me aliei foi o do Lula durante seis meses", riu o candidato do PV, que afirmou estar com a concorrente à Presidência pelo seu partido Marina Silva, mesmo tendo apoio também de José Serra (PSDB).

Gabeira gostou da chuva porque ela faz com que a boca de urna seja “fraca”.‘”Isso é bom pra nós, porque nós não temos estrutura para fazer boca de urna, além de ser proibido”, afirmou o verde.

Antes da votação, Gabeira teve atrito com um repórter do CQC que o perguntou sobre o caso das passagens. O verde xingou o jornalista de “babaca” e perguntou o motivo das perguntas.

“Por que vocês estão fazendo perguntas tão agressivas? Vocês estão com o Cabral? Vocês parecem com o Cabral”, ironizou o candidato.

O verde estava acompanhado do candidato a deputado estadual Luiz Paulo Correa (PSDB), de seu vice Márcio Fortes (PSDB) e do concorrente ao Senado Marcelo Cerqueira (PPS).

 Após a votação, o verde seguiu para o Grajaú, onde vota Cerqueira. A partir das 17h, acompanha a votação na produtora da campanha, no Humaitá.

Às 10h30, a comitiva de Gabeira passou em frente à Escola Roma, em Copacabana, onde vota seu principal concorrente, o governador Sérgio Cabral (PMDB).

nullHavia uma grande concentração de jornalistas em frente ao local, esperando o governador. Gabeira fez menção de parar, mas não desceu do carro. O repórter do CQC tentou abordá-lo, mas não teve resposta.

Sua comitiva seguiu em direção ao Centro. Já que a bandeira do seu partido é proibida no dia das eleições, Marcelo Cerqueira (PPS), segue o verde brandindo uma bandeira do América Futebol Clube. 

    Leia tudo sobre: eleições rjeleições gabeira

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG