Deputado cita como ¿prova¿ relatório do Tribunal de Contas do Tocantins que analisa a construção de pontes no Estado

O deputado federal e candidato a deputado estadual Freire Júnior (PSDB) declarou que está havendo “assalto aos cofres públicos” no Tocantins. Ele citou como “prova” o relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que detectou dano de R$ 458.159.919,69 em construção de pontes e obras de pavimentação no Estado.

“De 167 pontes contratadas e pagas, 57 não foram concluídas. Um absurdo, um despropósito”, afirmou, em discurso proferido terça-feira (17) da tribuna da Câmara dos Deputados. “O crime começou no governo Marcelo Miranda (PMDB) e continua sob a batuta do governador biônico Gaguim.” Miranda foi cassado pela Justiça Eleitoral em 2009 por abuso de poder político nas eleições de 2006.

O parlamentar tucano entende que o “Tocantins não merece o que vem ocorrendo; o nosso Estado é o segundo no ranking da fome, conforme o último Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB),” concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.