Ficha Limpa: Paulo Maluf recebeu 497 mil votos

Candidatos julgados pela Lei da Ficha Limpa concorrem normalmente, mas candidaturas ainda poder ser invalidadas

Daniela Almeida, iG São Paulo |

O candidato a deputado federal Paulo Maluf, PP, que teve sua candidatura negada pela Justiça por causa da Lei da Ficha Limpa, recebeu 497 mil votos. Até às 20h de ontem, Maluf havia recebido 291,8 mil votos, o que correspondia a 2,42% dos votos válidos.

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), os candidatos com recursos em julgamento concorrem normalmente à eleição. Caso essas candidaturas sejam consideradas inválidas, os votos serão anulados. Já as candidaturas validadas pela Justiça terão seus votos computados e o coeficiente eleitoral terá de ser recalculado.

Na disputa pelo governo de São Paulo, Paulo Búfalo, do PSOL, recebeu 43,1 mil votos, mas esses votos não estão sendo computados porque o candidato trocou de vice. Ainda para o governo do Estado, Luiz Carlos Prates (PSTU) recebeu 8,3 mil votos e Igor Grabois Olimpio (PCB), 4,3 mil votos.

Na disputa pela Câmara dos Deputados, depois de Paulo Maluf, receberam mais votos Francisco das Chagas Francilino (PT), com 36,8 mil, Francisco Rossi de Almeida (PMDB), com 30,3 mil votos. Para deputado estadual, os mais votados entre aqueles que estão na Lei da Ficha Limpa estão João Carlos Caramez (PSDB), com 49 mil votos, Vanessa Damo Orosco (PMDB), com 44,4 mil votos e João Avanileno (PT), 35,1 mil).

    Leia tudo sobre: eleições spficha limpamaluf

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG