Eymael fecha apoio do PSDC à candidatura de Roseana

Presidenciável visita a capital maranhense, onde defende reforma tributária e novo modelo de gestão pública

Wilson Lima, iG Maranhão |

Recepcionado por apenas três correligionários no aeroporto Marechal Cunha Machado, em São Luís, o candidato do PSDC à Presidência, José Maria Eymael, afirmou hoje que o Brasil precisa urgentemente de uma reforma tributária e de uma mudança em seu modelo de gestão pública. Eymael também declarou que tem esperança de chegar ao segundo turno.


José Maria Eymael está em São Luís para cumprir compromissos de campanha e para fechar oficialmente um acordo com o PSDC para apoiar a candidatura de Roseana Sarney (PMDB) ao governo do Estado. Na agenda do presidenciável em São Luís, está prevista uma entrevista com um canal de televisão local, uma reunião com o presidente do senado, José Sarney, e discussões com a base do partido.

O candidato defendeu a profissionalização dos cargos de gestão no serviço público. Segundo ele, os cargos de comando precisam ser exercidos por servidores de carreira, não por funcionários comissionados. "Isso é o fim do apadrinhamento no Estado", afirmou. Em um eventual plano de governo, Eymael ainda defendeu auditoria externas nos órgãos do Estado, além de controle de qualidade no serviço público e planejamento a longo prazo de execução de obras públicas. Eymael também criticou o sistema tributário brasileiro classificando o modelo atual como "perverso". "Nós defendemos modelo tributário simplificado, com uma diminuição de uma carga tributária", disse.

    Leia tudo sobre: eleições maeymaelroseana

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG