Ex-prefeito do Rio, Cesar Maia aposta em 2º turno para presidente

Terceiro colocado nas pesquisas para o Senado, candidato confia no voto dos indecisos

Luisa Girão, iG Rio de Janeiro |

AE
Cesar Maia deixa cabine eleitoral no Rio
O ex-prefeito do Rio de Janeiro, Cesar Maia (DEM), chegou pontualmente as 8h deste domingo (3) ao Hotel Intercontinental, em São Conrado, zona sul da capital fluminense, para votar. Em entrevista a jornalistas, ele disse ter certeza de que haverá um 2º turno nas eleições presidenciais e que confia no alto números de indecisos para garantir a sua entrada no Senado.

“Para ter 2º turno, o Serra deve ficar calado. Eu vi os números das pesquisas, mas quando eu afirmo, eu acerto! Vai haver sim e é bom, porque gera debate" disse o ex-prefeito.

"Estou muito otimista com a minha eleição. Nunca vi um índice de indecisos tão alto. Acho que vamos ter a maior renovação da Assembléia Legislativa e da Câmara dos Deputados desde a redemocartização", disse o candidato, que aparece em terceiro lugar nas pesquisas, atrás de Lindberg Farias (PT) e Marcelo Crivella (PRB).

Embora aposte em uma renovação, Cesar Maia mostrou ter uma opinião diferente quando questionado sobre as mudanças no Senado. “Senado é a casa onde não se deve ter renovação, é a casa da ‘senhoridade’, da experiência acumulada, dos ex-governadores”, disse o candidato, que foi à sua zona eleitoral na companhia dos netos Ana Luiza, Joaquim e Betina.

"Essa foi uma eleição democrática, não houve jogo baixo ou agressividade nas ruas. Eu sou tranquilo, não preciso de lexotan, mas quem precisa, deve tomar”, provocou Cesar Maia, que deixou o local direto para o bairro de Bangu, zona oeste do Rio, onde pretende tomar café da manhã e conversar com eleitores. O ex-prefeito disse ainda que vai assistir a apuração de casa. 

    Leia tudo sobre: eleições rjeleições cesar maia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG