Excesso de público faz Serra trocar caminhada por carro de som

Candidato do PSDB à Presidência faz campanha em Goiânia acompanhado de Perillo e Demóstenes

Adriano Ceolin, enviado a Goiânia |

nullSurpreendido por um público bem maior do que o esperado, na tarde de hoje em Goiânia (GO),  o presidenciável José Serra (PSDB) teve de abrir mão do corpo-a-corpo com o eleitorado e acabou subindo em um carro de som. O previsto era uma caminhada, mas a grande quantidade de gente acabou gerando um tumulto em torno do candidato tucano à Presidência da República.

Serra estava acompanhado do candidato do PSDB ao governo de Goiás, Marconi Perillo, e do senador reeleito Demóstenes Torres (DEM-GO). Serra ainda não deu entrevistas, mas ao chegar no Estado declarou-se "muito animado".

Em Goiânia, Serra venceu a adversária Dilma Rousseff (PT) no primeiro turno, mas na contagem do Estado ele foi derrotado por ela. Perilo disse acreditar ser possível mudar este cenário, fazendo com que no segundo turno Serra vença no Estado com uma vantagem de dez pontos percentuais.

nullDurante o evento, Serra foi abordado pelo padre Genésio Ramos, da Diocese de Anápolis, interior do Estado. Em entrevista ao iG, o sacerdote contou que está pedindo votos por Serra "pela liberdade de expressão e pela defesa da vida".

O apoio de movimentos católicos e evangélicos ajudou a levar Serra para o segundo turno, diminuindo o favoritismo de Dilma. Não obstante, o evento serrista em Goiânia teve um toque de diversidade, com uma bandeira do movimento GLS sendo erguida em meio a várias outras do PSDB.

    Leia tudo sobre: eleiçõeseleições serrapleito 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG