Evangélicos protestam contra prisão de pastor

Religiosos acampam em frente ao TRE do Acre pela libertação de pastor preso acusado de crime eleitoral

Nayanne Santana, iG Acre e Rondônia |

Um ato inusitado aconteceu em frente ao Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE) segunda-feira (6) em Rio Branco. Familiares e amigos do pastor evangélico Antônio José da Silva Santana acamparam em frente ao prédio do TRE para pedir a liberdade do pastor, preso no dia 28 de agosto pela Polícia Federal (PF) sob acusação de cometer crime eleitoral.

O pastor Antônio da Silva Santana e outros dois homens foram presos no momento em que eleitores e cabos eleitorais do Partido Social Cristãos (PSC) concentravam-se em um posto de combustíveis. Segundo a PF, o pastor e os outros acusados distribuíam “ordem de combustível” para quem participasse de carreata dos candidatos do PSC.

A família e os amigos de Antônio da Silva Santana afirmam que ele não tem envolvimento com nenhum tipo de crime eleitoral e que ele é um homem bom que inclusive ajudou milhares de jovens a sair do mundo do tráfico e das drogas.

Na semana passada a desembargadora Eva Evangelista negou o pedido de liberdade de Antônio Santana. O TRE vai julgar mais um pedido de soltura do pastor. Os manifestantes que acamparam em frente ao TRE garantem que farão outra manifestação, desta vez será em frente ao Palácio Rio Branco, no centro da Capital.

Os familiares e amigos do pastor informam que se Antônio Santana for solto farão vigília de orações de agradecimento, mas se ele continuar preso farão orações com súplicas para que ele seja libertado.

    Leia tudo sobre: eleições acpastorprisãotre-acpf

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG