Eu não fico mudando de opinião, diz Serra sobre aborto

Candidato do PSDB à Presidência sugere que adversária se posiciona ao sabor do 'vento do eleitorado'

iG São Paulo |

O candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra , criticou hoje a forma como a questão do aborto está inserida na campanha eleitoral e sugeriu que sua adversária no segundo turno, a petista Dilma Rousseff , não é sincera ao opinar sobre o tema.

"O que está agora em questão nesta eleição não é ser contra ou a favor (do aborto). É a mentira. De repente (ela) diz que é contra por motivos eleitorais. É isso o que eu acho que está errado" disse o tucano, acrescentando que não fica "mudando de opinião segundo o vento do eleitorado".

Serra disse que vai enfatizar em sua campanha a discussão sobre "valores", ao invés de se focar em propostas nas próximas semanas. "Acho que esta é uma questão que tem que ser posta na campanha", declarou.

Quanto a uma eventual adesão do Partido Verde à sua candidatura, Serra disse que "tem afinidade com o partido, mas não está fazendo pressão", lembrando, inclusive, que o PV já participou de seu governo, em São Paulo.  Ainda segundo o candidato, "não é necessário colocar a questão ambiental no seu programa porque ela já está posta".

O candidato fez campanha nesta quinta-feira em São Paulo, mas teve de cancelar compromissos de sua agenda devido ao mau tempo, que deixou o trânsito da capital paulista mais complicado que o de costume.


    Leia tudo sobre: eleiçõeseleições serrapleito 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG