Mortos na sede da Pavilhão 9, em SP, tinham entre 19 e 38 anos

Oito homens foram mortos na noite de sábabo (18) na sede da torcida organizada corinthiana Pavilhão 9, na zona norte de São Paulo. Segundo a polícia, três homens armados entraram no local por volta das 23h, após o fim de um churrasco. As vítimas foram obrigadas a se deitar no chão e, em seguida, foram baleadas.

Ocorrido na véspera do jogo entre Corinthians e Palmeiras pela semifinal do Campeonato Paulista, o crime não foi motivado por rixa de torcida, segundo a polícia.

Leia também:

Vítima da chacina na torcida do Corinthians havia sido presa na Bolívia

Oito são mortos em chacina na Pavilhão 9, torcida organizada do Corinthians

As vítimas tinham entre 19 e 38 anos e, entre elas, estava Fábio Neves Domingos, o Fábio DuMemo , de 34 anos, que foi preso em 2013 na Bolívia suspeito de participar da morte do adolescente Kevin Beltrán, atingido por um sinalizador naval disparado pela torcida corinthiana durante um jogo contra o San José.

Veja quem são as vítimas




    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.