Esposa de Serra busca voto feminino no Nordeste

Dona Mônica diz que vai mostrar às mulheres que "Lula não é o candidato à Presidência da República"

Agência Estado |

selo

A psicóloga chilena Mônica Serra, esposa do presidenciável do PSDB José Serra, começou hoje a fazer campanha política pelo Nordeste. A ex-primeira dama de São Paulo admitiu que está em busca do voto feminino e de "mostrar", como ela mesma afirma, que "Lula não é o candidato à Presidência da República".

Mônica cumpriu agenda em Natal (RN) e amanhã estará em João Pessoa (PB). Depois, ela segue para o Recife (PE). "Minha participação na campanha no Nordeste é falar com as mulheres e poder colocar para elas qual a forma de trabalho de Serra", explicou. "Dessa forma acho que as mulheres poderão fazer uma boa escolha", acrescentou.

Mônica destacou que tem como objetivo conquistar o voto feminino: "As mulheres nunca são enganadas por outra mulher, elas podem ver como estou sendo sincera quando falo dele como homem público", disse. Ao lembrar que conhece Serra há 40 anos, ela se considera a "melhor pessoa" para falar do tucano. "Sei das suas intenções, dos seus sonhos, do amor que tem pelo povo brasileiro, por querer fazer melhor", contou.

    Leia tudo sobre: eleições serrapleito 2010eleições pe

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG