Especialista vê desejo de continuidade do eleitor

Alberto Carlos de Almeida, diretor do Instituto Análise, levanta possibilidade de chapa Dilma/Alckmin em SP

Piero Locatelli, iG São Paulo |

Os números obtidos em São Paulo pelo último levantamento Vox Populi/Band/ iG são reflexo do desejo de continuidade que guia o eleitor na disputa deste ano. De acordo com Alberto Carlos Almeida, diretor do Instituto Análise, é essa tendência que explica a diferença de desempenho do candidato do PT ao governo de São Paulo, senador Aloizio Mercadante, em comparação à candidata petista à Presidência, Dilma Rousseff.

“Há um porcentual muito grande que tende a votar numa chapa Dilma/Geraldo. É o eleitor que vai querer manter o que está bom em São Paulo e no Brasil. É um voto de continuidade, de quem está satisfeito com os dois governos”, diz o cientista político.

Almeida diz que o eleitor que avalia bem o trabalho de Serra no Estado não necessariamente votará nele para a Presidência. “Há um eleitor que avalia bem o governo de São Paulo, mas vota na Dilma. Ele vai reconhecer que o Serra fez um bom trabalho, mas só em São Paulo. No Governo Federal é outra coisa”, diz o cientista.


    Leia tudo sobre: PesquisaVox PopuliEstados

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG