Equipe de Dilma barra vídeo em ato com prefeitos

Material deveria ter sido exibido durante sabatina, mas despertou preocupação da equipe da ex-ministra

Adriano Ceolin e Severino Motta, iG Brasília |

Por orientação da ex-assessora especial da Presidência da República, Clara Ant, um vídeo que pretendia mostrar o que enfrentam os prefeitos que saem em busca de recursos com "pires na mão" deixou de ser mostrado durante a XIII Marcha em Defesa dos Municípios. A determinação, segundo a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), veio após a equipe da presidenciável petista Dilma Rousseff avaliar que o filme poderia servir de munição para os demais presidenciáveis presentes no evento - o ex-governador José Serra e a senadora Marina Silva (PV-AC). 

Em formato de desenhado animado, no vídeo prefeitos aparecem no gabinete dos ministérios com um pires na mão. De acordo com o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, representantes de todos os três pré-candidatos foram chamados para analisar a situação assim que a ex-assessora da Presidência repassou ao comando da entidade a preocupação com o conteúdo do vídeo. A decisão final acabou sendo delegada à assembleia da CNM, composta por 31 integrantes. Eles optaram por excluir o vídeo, mas mantiveram no roteiro da sabatina com os presidenciáveis uma pergunta relacionada ao mesmo assunto.

nullO episódio colocou Dilma em uma saia justa. Questionada após a sabatina, a petista negou que o objetivo do vídeo fosse criticar o tratamento dado aos prefeitos pelo atual do governo. Para ela, o documento “se referia a emendas parlamentares”. “O vídeo é a nona pergunta, e nela se referem às emendas parlamentares. A questão das emendas é constitucional. O que podemos fazer é abrir diálogo com parlamentares e definir projetos com o conjunto dos prefeitos”, explicou.

Dilma saiu em defesa do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Não concordo de maneira alguma que a relação que o governo do presidente Lula seja relação de pires na mão, e nem vi nenhum prefeito fazendo isso”, disse. Em seguida, ela aproveitou a oportunidade para criticar governos anteriores. “Antes, recebiam prefeitos aqui com cães e cassetetes”, emendou

Última a falar durante a sabatina, a candidata petista foi precedida no microfone por Marina e Serra. O tucano cobrou no palco a exibição do vídeo junto à organização. Congressistas do PSDB prometeram, então, colocar o vídeo na internet. Dilma hesitou ao responder se o vídeo foi removido a pedido de sua assessoria de comunicação. Na entrevista, ela solicitou que a informação fosse confirmada com a equipe dela. A petista, no entanto, admitiu que sabia da existência do material.

Ainda na entrevista, Dilma não quis responder se Lula vetará ou não a proposta de reajuste de 7,7% dos aposentados, já aprovada pela Câmara e que será ainda submetida ao Senado. Ela, porém, fez questão de defender as políticas do presidente. “Tenho certeza de que ele fará o possível para ter uma posição justa. De um lado contemplado aposentados e de outro olhando as receitas do País. Não temo por qualquer consequência. Aquilo que você faz com critério seriedade e compromisso social as pessoas entendem”, disse.

    Leia tudo sobre: VideoDilmaMarcha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG