Sistema lançado pelo iG compara citações sobre políticos feitas pelos usuários do Twitter

O sistema de comparação de citações dos políticos no Twitter lançado pelo iG funciona a partir de uma análise linguística feita por mecanismos de inteligência artificial. Com recursos tecnológicos de categorização textual capazes de reconhecer pessoas, instituições e ações, a ferramenta torna possível avaliar as emoções despertadas em um leitor ao receber cada estímulo linguístico contido nos posts ou tweets .

A análise feita pelo Termômetro da Política envolve a captura do tweet , a identificação do idioma e de elementos do texto e, ao mesmo tempo, a filtragem e a eliminação de eventuais repetições automáticas de conteúdos (anti-spam), bem como a verificação de homônimos e palavras ambíguas, entre outros aspectos.

Como a verificação linguística é automatizada, o desafio é analisar com grau de incerteza controlada a polaridade dessa emoção, que pode se traduzir em um sentimento positivo, neutro ou negativo. Desta forma, a ferramenta está sujeita a uma margem de erro e, por isso mesmo, constitui uma leitura autoral dos textos.

Sendo assim, o iG e a Cortex – empresa especializada em Web 3.0 e responsável pelo aplicativo – não qualificam os resultados apresentados como pesquisa eleitoral, de opinião ou de mercado, enquete ou qualquer outro recurso de avaliação de preferências públicas em relação às personalidades mencionadas e comparadas. As empresas também não oferecem qualquer garantia sobre a exatidão, veracidade ou integridade das informações compiladas de outras fontes e não se responsabilizam por quaisquer erros ou omissões, falhas no conteúdo ou perdas ou danos decorrentes da utilização, veiculação, divulgação, destaque e armazenamento do conteúdo gerado pelo sistema, seja nas páginas do iG ou por outras pessoas ou instituições.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.