Em TV evangélica, Temer critica discussão do aborto na campanha

Vice de Dilma gravou programa e disse que conversou por telefone com deputado Garotinho (PR-RJ), eleito com forte apelo religioso

Fred Raposo, iG Brasília |

O vice na chapa governista, deputado Michel Temer (PMDB-SP), gravou na tarde desta quinta-feira um programa evangélico para o deputado Bispo Rodovalho (PP-DF). Na entrevista, Temer criticou a discussão sobre aborto na campanha eleitoral.

“Registrei minha posição contra o aborto”, disse Temer, após a gravação em seu gabinete na Câmara dos Deputados. “Mas acresci também que essa coisa de misturar questão de fé com questão do estado não é uma coisa boa. Disse que a Dilma vai ser a presidente de todo o Brasil. Não será presidente só dos católicos, dos evangélicos, dos espíritas”.

Temer afirmou que a intenção do programa era fazer um “perfil” dele. No início da semana, Rodovalho criticou a demora da campanha de Dilma Rousseff (PT) em desmentir boatos que questionavam valores cristãos da candidata.

O peemedebista afirmou também ter conversado por telefone com o deputado eleito Anthony Garotinho (PR-RJ). Com ampla base religiosa, principalmente entre os evangélicos, Garotinho foi um dos candidatos mais votados no Rio de Janeiro. Temer disse que ainda não pediu apoio para Dilma. “Ficamos de conversar a qualquer hora, mas não tem nada marcado”.

    Leia tudo sobre: eleições 2010eleições dfmichel temergarotinhoaborto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG