Candidato havia dito em debate na TV Bandeirantes que Marina era ¿ecocapitalista¿

A candidata à Presidência da República Marina Silva (PV) respondeu neste domingo, durante sua passagem por Fortaleza (CE), às críticas feitas pelo presidenciável Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) no debate da Rede Bandeirantes na última quinta-feira. "Eu sempre brinco quando fazem perguntas desse tipo e digo que cada um vê nos outros aquilo que tem dentro de si", disse Marina, que havia sido chamada de “Poliana” e “ecocapitalista” por Plínio. A candidata também afirmou que não tem “rótulos dentro de si”.

Marina Silva diz que ainda existe um “arranhão” entre o PSOL e o PV. Antes de os dois partidos lançarem candidaturas próprias à Presidência, as legendas cogitavam uma coligação. "A minha interação era muito mais com minha amiga Heloísa Helena (vereadora pelo PSOL em Maceió, Alagoas), que espero seja eleita senadora em Alagoas. Eu e a Heloísa tentamos viabilizar a união do PV com o PSOL. Sabíamos que não era fácil, porque temos posições diferentes dentro dos nossos partidos. Não foi possível e cada um seguiu o seu caminho", falou a candidata.

Na entrevista, Marina também criticou os candidatos José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT). “O que aprendemos nesses 16 anos é que nós vimos dois partidos (PSDB e PT) que tentaram governar sozinhos, mas cada um ficou refém do fisiologismo. O PT do PMDB e o PSDB do Democratas.”

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.