Em Pernambuco, Eduardo Campos lidera com 57%

Se as eleições fossem hoje o governador seria reeleito com tranqüilidade no primeiro turno, segundo a pesquisa Vox Populi/Band

Ricardo Galhardo, iG São Paulo |

Se as eleições fossem hoje o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), seria reeleito com tranqüilidade no primeiro turno, é o que indica a pesquisa Vox Populi/Band divulgada nesta segunda-feira.

Segundo a pesquisa o governador tem 57% das intenções de voto contra 28% do segundo colocado, o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB). Os pré-candidatos Katia Telles (PSTU) e Edilson Silva (PSOL) têm 1% cada e Sérgio Xavier (PV), não pontuou. Os que disseram votar em branco ou nulo são 4% e os indecisos que não souberam ou não quiseram responder 9%.

Eleições 2010

Governo Pernambuco

Gerando gráfico...
Vox Populi/Band

O Vox Populi ouviu 1 mil pessoas em Pernambuco. A margem de erro da sondagem é de 3,1% para mais ou para menos. Esta foi a primeira pesquisa estimulada feita pelo instituto no estado este ano.
Na pesquisa espontânea, a diferença entre Campos e Jarbas caiu de 26 pontos percentuais em janeiro para 17 em maio. O governador tinha 26% em agosto de 2009, subiu para 36% em janeiro deste ano e oscilou negativamente para 31% em maio. Jarbas tinha 9% em agosto, chegou a 10% em janeiro e agora tem 14%.

O desempenho da pré-candidata governista à presidência, Dilma Rousseff (PT), acompanha o do governador. Se a eleição fosse hoje os pernambucanos também elegeriam Dilma no primeiro turno.
No estado natal do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma tem 54% das intenções contra 26% do tucano José Serra. Marina Silva (PV) tem 3% , brancos e nulos 4% e não souberam ou não quiseram responder 13%.

Eleições 2010

Pesquisa Vox Populi/Band em Pernambuco

Gerando gráfico...
Vox Populi/Band

A petista foi a única presidenciável que oscilou positivamente em Pernambuco desde janeiro, quando o Vox Populi realizou a última pesquisa no estado. Ela tinha 50% contra 28% de Serra e 4% de Marina. A distância entre a primeira e o segundo colocado subiu de 22% em janeiro para 27% em maio.
A sondagem mostra que tanto Campos quanto Dilma estão ancorados na popularidade de Lula. Somados os que consideram o governo ótimo (52%), bom (37%) e regular positivo (8%), a aprovação do presidente é quase unânime, 97%.

Para a presidência, 63% disseram que votam com certeza no candidato de Lula, 17% dependendo do candidato, 12% não levariam a opinião do presidente em consideração e apenas 5% rejeitariam o palpite de Lula.

Para o governo, 49% votariam com certeza no candidato de Lula, 30% dependendo do candidato, 14% não levariam a opinião do presidente em consideração e apenas 5% rejeitariam o palpite.

    Leia tudo sobre: pernambucocamposjarbas vasconcelosdilmaserrapesqui

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG