Em Pernambuco, 79 pessoas foram detidas durante o pleito

Deste total, somente um político foi preso, o restante foram incidentes envolvendo cidadãos que não são candidatos

Ana Carolina Dias e Thaisa Lisboa , iG Pernambuco |

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) divulgou a primeira parcial dos números de ocorrências registrados até as 17h deste domingo. Foram notificados 388 crimes eleitorais, sendo 78  prisões de cidadãos que não são candidatos, e apenas uma de candidato. Trata-se do deputado estadual Rinaldo Tavares (PHS), detido em Jaboatão dos Guararapes.

Ainda segundo o Tribunal das 18.717 urnas, 103 foram substituídas. No município de Glória do Goitá, até o momento as eleições não foram encerradas. Trinta eleitores estão nas filas para efetivar seu voto. O motivo foi uma pane na urna eletrônica. Caso o problema não seja solucionado, a votação será manual. Essas serão as únicas pessoas que irão validar o voto desta maneira.

Do total de 2.013 detentos aptos a votar, apenas 418 registraram voto. As urnas biométricas, aqui em Pernambuco, não apresentaram nenhum problema. A eleição ocorreu de forma tranqüila, nos municípios de Itamaracá, Maracaipe, Itapissuma e Rio Formoso. Ao total, cerca de 50 mil eleitores participaram desta novidade.

    Leia tudo sobre: eleiçõeseleições petreocorrências

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG