Em nota, Mendonça Filho contesta detenção

Ex-governador nega acusações de carreata e afirma que estava em passeio com a família

Ana Carolina Dias, iG Pernambuco |

Em nota, o ex-governador e deputado federal eleito Medonça Filho (DEM) explicou o motivo que o levou a ser levado ao TRE-PE para prestar esclarecimentos por estar em carreata pela cidade do Recife. Mendonça Filho nega a acusação e afirma que em nenhum momento estava em carreata pela cidade e sim com a família

Mendonça explicou ainda que estava em um buggy circulando como faz há 24 anos e que, pelo carro ser de pequenas dimensões a família e amigos acompanharam o deputado. O democrata destaca que foi abordado de forma arbitrária pela justiça federal. Segundo o candidato eleito, os policiais portavam metralhadoras.

Mendonça, que estava acompanhado da esposa e filhos, afirma que está indignado pelo constrangimento ao qual foi submetido. "Manifesto meu mais profundo desapontamento pela repercussão negativa que um simples passeio de carro com minha família e amigos pelas ruas do Recife teve na mídia, provocada por uma interpretação equivocada”, diz.

Segundo o democrata não houve buzinaço ou qualquer uso errôneo de aparelho de som ou boca de urna. Mendonça se diz consciente de que não agiu de forma errada ou arbitrária. O ex-governador diz que está à disposição do ter para prestar futuros esclarecimentos caso seja necessário.

    Leia tudo sobre: eleições pemendonça filhodemocrata

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG