Em evento com verdes, FHC insinua que Marina Silva apoia Serra

Para ex-presidente, a candidata Dilma Roussef quer o crescimento econômico a qualquer custo

Nara Alves, iG São Paulo |

Agência Estado
José Serra, FHC e Fernando Gabeira em evento
O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso insinuou hoje que a candidata derrotada do PV à Presidência, Marina Silva, teria preferência pelo tucano José Serra na votação do segundo turno. “Quem é ambientalista, vocês sabem de quem estou falando, sabe que os dois (Dilma e Serra) não são iguais, mesmo que não fale”, disse FHC em referência a Marina Silva.

FHC participou de encontro em São Paulo entre lideranças do Partido Verde de São Paulo (mais o candidato verde derrotado ao governo do Rio de Janeiro, Fernando Gabeira) e integrantes da campanha de Serra à Presidência. O ato de apoio ao presidenciável tucano aconteceu no antigo comitê eleitoral de Fabio Feldmann, candidato derrotado ao governo paulista pelo PV. Ontem, Marina Silva e o Partido Verde decidiram que vão se manter independentes na disputa do segundo turno.

Fernando Henrique também criticou a candidata petista Dilma Rousseff por ter, segundo ele, uma visão de “crescimento a qualquer preço”. O ex-presidente defendeu que o PSDB não aprove a mudança no Código Florestal proposta pela base aliada do governo Lula.

Em seu discurso, Serra classificou o apoio do PV de natural, enalteceu a experiência de Feldmann como um exemplo a ser seguido, elogiou Gabeira como o melhor quadro da campanha, chamou a atenção para medidas tomadas pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), como “cidade limpa”, criação de ciclovias e ampliação de parques. Elogiou também medidas tomadas pelo governo Geraldo Alckmin (PSDB) nas exigências ambientais para a construção do Rodoanel.

Mantendo a linha do discurso verde, Serra também criticou o custo do projeto da construção da usina de Belo Monte no Pará e disse que o governo Lula não investiu em projetos de hidrovias e de matrizes energéticas em hidrelétricas. “Não é por maldade. É por falta de capacidade técnica e executiva”, afirmou.

Serra ainda afirmou que Dilma foi contra a contribuição do Brasil para o Fundo Internacional do Meio Ambiente e que foi ele quem ajudou a então ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, a persuadir o presidente Lula para contribuir com o Fundo.

Além de FHC e Fabio Feldmann, também estavam presentes ao evento o prefeito Gilberto Kassab, o governador eleito por São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), e o senador eleito pelo PSDB no Estado, Aloysio Nunes Ferreira.

Feldmann destacou que foi um dos fundadores do PSDB, que migrou para o PV em 2005 e deu seu apoio a Serra afirmando que “Dilma tem muita dificuldade de entender o que é desenvolvimento sustentável”.

    Leia tudo sobre: pleito 2010eleições serrafhcpveleições marina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG