Em encontro com Berlusconi, Lula nega candidatura em 2014

Lula elogia Dilma e diz que se contenta em ser 'cabo eleitoral pela segunda vez'

Ricardo Galhardo, iG São Paulo |

Divulgação
Lula encontra-se com Berlusconi em São Paulo
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva empenhou-se hoje em negar que tenha planos de se lançar novamente candidato à Presidência em 2014. A declaração foi dada em encontro do presidente com o primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi, na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Em um discurso para empresários que participavam do evento, Berlusconi disse que Lula ainda é muito jovem, com 66 anos, e pode voltar ao governo em 2015. Assim, após um período de "descanso" de quatro anos, presidiria o País novamente até os 74 anos, idade atual do líder italiano.

No entanto, Lula disse que não conversou sobre eleições com Berlusconi. E teceu elogios à ex-ministra Dilma Rousseff (PT), escolhida por ele para disputar a eleição presidencial deste ano.

“Quando existe um político mau caráter, ou ele elege uma pessoa muito fraca ou ele deixa a oposição vencer para depois poder voltar", disse o presidente. Em seguida, referiu-se à candidata Dilma Rousseff (PT). "No meu caso, estou oferecendo o que eu tenho de melhor, a candidata mais competente e mais bem preparada. Eu me contentarei em ser cabo eleitoral pela segunda vez", disse.

    Leia tudo sobre: luladilmaberlusconifiesp

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG