Em comemoração religiosa, Serra se declara a favor da vida

No Dia das Crianças, candidato vai a Aparecida, fala sobre aborto e diz que se preocupa com a criança desde a gestação

Nara Alves, enviada a Aparecida (SP) |

Depois de participar da missa em celebração ao Dia de Nossa Senhora Aparecida, nesta terça-feira, em Aparecida, interior paulista, o candidato à Presidência pelo PSDB, José Serra , falou sobre a importância do cuidado à criança desde a gestação. “Cada coraçãozinho novo que bate no Brasil é uma esperança nova”, disse.

O tema aborto tem sido o centro da discussão eleitoral nas últimas semanas e o slogan “um novo Brasil” foi adotado nas propagandas eleitorais do candidato tucano na televisão. Após a missa, Serra afirmou que todo o seu trabalho na vida pública está voltado para as crianças. “A criança, até mesmo antes de nascer, ocupa um lugar central. (...) Quando eu falo em criança, eu penso desde a concepção”, disse.

Como exemplos, citou o programa Mãe Brasileira, que “começa quando a mãe engravida e termina quando completa um ano”, e o Bolsa Alimentação, que” visa dar às crianças menores condições de igualdade no futuro. Ele ressaltou, ainda, que esses programas se transformaram no Bolsa Família por “reconhecimento do presidente Lula ”.

O candidato negou que a questão religiosa tenha sido banalizada pela discussão eleitoral e voltou a dizer que foi a população que colocou o assunto no centro do debate. “As pessoas se interessam em saber como são os candidatos nos diferentes aspectos de sua vida porque quem vai para Presidência tem um papel de exemplo. Então, os valores acabam aparecendo”, disse. Serra ressaltou, no entanto, que a discussão não tira característica do Estado laico brasileiro. “A própria Constituição, de 1988, fala da proteção de Deus e mostra como a religiosidade tem peso na vida brasileira”, afirmou.

    Leia tudo sobre: Eleições SerraPleito 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG